racas-de-caes, caes, animais-de-estimacao -  - O que você não sabia sobre o Cocker Spaniel

O que você não sabia sobre o Cocker Spaniel

O magnifico pet Cocker Spaniel na História

Por volta do ano 500 antes do nascimento de Cristo., na ocasião em que os cartagineses chegaram na Espanha ao longo de uma de suas viagens ao longo do Mediterrâneo, os militares viram uma enorme quantidade de coelhos e bradaram “Span, Span!” (coelho no idioma cartaginês). Devido a isso esta pátria foi denominada de Espanha, ou “A localidade dos coelhos”, e os cachorros que caçavam os coelhos ficaram classificados como Spaniel, ou “cães coelheiros”.
É concebível que o Spaniel vivesse em países do Mediterrâneo e, inclusive, em terras hispânicas. A espécie pode ser aceita como uma das mais remotas da história. Podemos admirar uma escultura em respeito ao Spaniel no Museu Metropolitano de Nova York. A escultura possui mais de dois mil anos e pertence à Coleção Chipriota.
Há uma análise minuciosa a respeito do Spaniel, feita por Nichilas Cox, e essa lançada em 1803. Esta se encontra no Sportsman’s Cabinet: A espécie de cães intitulada de Spaniel é de dois tipos, um deles é maior que o outro e ambos são conhecidos como Spaniels Levantadores. O menor dá-se melhor para a caça em matagais, e esse se intitula “Cocker Spaniel”. Desta maneira podemos admitir que os Cockers Spaniel Ingleses conseguiram sua intitulação depois da caça a galinhas, ou como vários pensam, de faisões machos (cockpheasants no idioma britânico).

Psicológico da raça Cocker Spaniel

O Cocker Spaniel Inglês é um caçador ousado, de temperamento carinhoso, equilibrado, afetivo. É uma espécie repleta de vida, branda, muito favorável ao convívio familiar. Essa espécie é tão sagaz que ela é capaz de captar, bem antes, o que seu dono vai fazer, além de possuir muita benevolência e agilidade. É um formidável cão protetor, mesmo que seja muito meigo e bastante cordial. Evidencia todo som suspeito e se necessário, desafia o bandido com coragem.
Ele inclusive é muito adaptável, fora a sua esperteza e valentia. Possui um excepcional grau de socialização, demonstrando-se capaz de se relacionar muito bem com os indivíduos, criancinhas e outros animais domésticos. O carinho tem que estar constantemente existente para essa espécie, pois ela não aguenta ser tratada com insensibilidade ou desprezo. Com um comportamento engraçado e amável, o Cocker Spaniel, caso seja tratador com amor e bastante simpatia, irá ser um cão confiável e muito parceiro ao longo de sua caminhada do seu lado.
Caso você queira ensiná-lo, pode ficar sereno: essa espécie tem uma capacidade de apreender tudo o que lhe instruem, com bastante destreza e desenvoltura; inclusive o Cocker está em 18º, em uma tabela de cães mais espertos do mundo.

Características do Cocker Spaniel

Seu porte físico se apresenta da seguinte forma: estatura média, robusto, porte proporcional e muito encorpado. Possui um focinho em forma de quadrado, largo, com stop bem marcado e trufa bastante alargada para privilegiar a capacidade de farejar.
Seu olho é muito grande, contudo não muito sobressalente. Sua orelha é de formato lobular, que fica localizada na região dos olhos, e inclusive é revestida por um pelo comprido, sedoso e bastante macio. Seu rabo prolonga o nível de seu dorso.
Sua pelagem carece de ser penteada uma vez por semana, embora seu pelo seja de tamanho médio. A pelagem da raça é lisa, de textura sedosa, nunca rígida, aramada ou ondulosa. Não é profundamente vasto e apresenta franjas de extensão considerável nas patas anteriores, em seu corpo e por sobre os joelhos.
A coloração desta raça é muito diversa. É muito possível se observar cães com uma cor apenas, os que são denominados uniformes, entre a coloração preta, caramelo, fígado, e também combinados de cores, que são denominados de part colors.
Eventualmente precisa de tosas na área de sua cabeça, e cortes em torno dos pés e do rabo de dois em dois meses. É fundamental, ainda, se puder efetuar higienes em suas orelhas pelo menos a cada dois meses.

Privilégios de ter um pet Cocker Spaniel

Além de possuir um comprimento que propicia que se adapte bem tanto em prédios quanto em grandes casas, o Cocker Spaniel Britânico não é do tipo que late bastante, o que assegura excelentes relações com os vizinhos.
Você pode ter convicção que esta espécie distrai-se muito, o que deixa o seu dia e de sua família, muito mais alegre, sem contar o jeito estabanado que naturalmente têm.
Esta é uma espécie com uma grande quantidade de vigor, portanto você e seu cachorro poderão aproveitar por muito tempo de caminhadas, passatempos de caça, ou esportes como agility ou flyball.

Distúrbios usuais ao Cocker Spaniel Inglês

A única ressalva que pode-se fazer para os Cockers é no que tange ao seu cruzamento com as demais espécies, esse que foi executado sem um padrão adequadamente estudado. Em razão do sucesso da animação “A Dama e o Vagabundo”, essa raça passou a ser adorada cada dia mais, o que levou várias pessoas imprudentes a tentar gerar uma espécie no mesmo padrão mostrado na animação infantil. Durante o processo de expansão da raça, foram muitos os espécimes de todas as colorações a revelar desvios graves de comportamento.
Apesar se serem animais sadios, os Cockers possuem predisposição a apresentar problemas nos ouvidos, geralmente provocados pela pouca ventilação nos canais auditivos e pelo ajuntamento de água. Devido a isso, os donos de Cocker devem ter atenção redobrada na hora do banho, cobrindo os ouvidos do cachorro com algodão com a finalidade de evitar a entrada de água. Para não acumular cera e sujeira nas orelhas, é aconselhável que a cada dois dias as orelhas sejam limpas com produto apropriado para cachorros recomendado por especialistas.
Por conta da quantidade de pelos no meio dos dedos, a sujeira e umidade conseguem ficar retidas, ocasionando frieiras. Para evitar o problema é preciso higienizar a área ou aparar os pelos muito curtos.

Como cuidar de um Cocker Spaniel

 

Cães desta espécie são bastante ativos e têm necessidade de fazer atividades a cada dia, pelo menos duas ou três pequenas saídas ao dia. Logo após isto, observe suas orelhas para observar se não existe nada no interior delas, como espinhos ou algum outro objeto preso nas franjas.
A catarata é um problema genético, e pode aparecer com frequência nos Cockers, além de inúmeros cães apresentarem problemas de obesidade e as dores nos ouvidos que já foram descritos anteriormente.
A tosa nos Cockers não precisa ser total! O que tem que ser feito é aparar bem a pelagem dorsal, de sua cabeça, na ponta das orelhas, cauda e a almofada de suas patas, entretanto têm que ser preservadas as franjas das orelhas, barrigas e nas patas. A tosa deve ser concretizada por um profissional competente que conheça bem a espécie, pois é bem habitual Cockers serem tosados como Poodles em Pet Shops.
Você sabia que o banho em excesso pode ser prejudicial para o seu Cocker? Se você banhá-lo excessivamente, pode causar problemas em sua pele, como a dermatite, eczema, etc. Para evitar estes incômodos, a escovação diária é a grande aliada, especialmente nas orelhas.

Os Filhotes do Cocker Spaniel

Por sua característica de ser um exímio caçador, ele tende a ser muito levado e muito repleto de vigor quando filhotinho. Pelo seu aspecto, quando filhote, muitas pessoas decidem obter eles por impulso, sem checar se têm verdadeiras condições de tê-los.
Por causa de seu excesso de vigor, o Cocker não hesita em fazer qualquer atividade, como: brincar, correr, caminhar, morder. Mas o ensinamento é bastante fundamental, porque, por esta espécie ter muita disposição, sem o ensinamento, ele é capaz de ficar bem difícil de cuidar.
O Cocker adquire a qualidade de parceiro inseperável, comumente, após os sete meses.

Curiosidades a respeito do Cocker Spaniel

– O Cocker Inglês tem um porte mais robusto, menos pelagem, e não tem aquela cor amarelada, que podemos ver no Cocker tradicional. Ao invés disso, ele ostenta uma pelagem macia, com pequenos detalhes em preto, fígado, vermelho, preto e castanho, fígado e castanho, ou qualquer uma dessas colorações sobre um fundo esbranquiçado;
– Você sabia que os EUA já possuiu um presidente que possuía um Cocker Spaniel Inglês? Seu título era Shannon, e ele foi parceiro do presidente John Kennedy;
– Príncipe William e Kate Middleton também são possuidores de um Cocker Inglês denominado Lupo. Lupo é descendente de Ella, uma cadela que pertencia aos pais de Kate Middleton. Porém, inicialmente, o casal Real negou que o cão era deles. Lupo apareceu em uma das primeiras fotos oficiais do príncipe George, filho do casal;
– Na Inglaterra, o que os Estados Unidos chamam de Cocker Spaniel Inglês é meramente Cocker e a versão dos EUA é chamada de Cocker Americano;
– Se o cachorro caçava aves, então ele era denominado “Spaniel”. Estes cães sempre foram diferenciados devido a seu porte físico e pelo modo como operavam suas ações.