racas-de-caes, caes, animais-de-estimacao -  - O que você não sabia sobre o  pet Chow Chow

O que você não sabia sobre o pet Chow Chow

O surgimento do lindo Chow Chow na História

Muitas espécies de cachorros foram geradas pelo homem com o decorrer do tempo, porém o Chow Chow foi uma das poucas espécies que guardou várias de suas características desde sua proveniência. Existem vários registros históricos onde se encontra alguma referência acerca dessa raça, até mesmo em registros de onze mil A.C
A sua naturalidade, diferente do que inúmeras pessoas imaginam, é na Mongólia e não na China, isto porque estudiosos afirmam que essa espécie foi criada em nações que eram conhecidas principalmente por causa da hostilidade, como os Mongóis.
Com um período cheio de ocupações na China, os mongóis trouxeram esse cão muito cativante para as terras chinesas. E eles eram chamados de cachorros de guerra, a toda a hora sendo retratados como cães de aparência de leão, atléticos e também muito fortes. Afirma-se que a escuridão da cavidade bucal que o Chow Chow possui, é de fato uma proteção contra os seres malígnos.

Características do Chow Chow

Sua robustez, distinção, lealdade e autodomínio se destacam como suas particularidades notáveis, todavia seu estilo circunspecto igualmente merece atenção. No geral, é muito bem-proporcionado e veloz. Além da aparência ímpar e da sublime pelagem, a língua de cor preta azulada é típica da raça.
Para os cachorros da cor creme, o focinho com uma cor mais clara é admitida, seu crânio é muito largo, e seu stop não é muito saliente.
Os olhos são pretos, pequenos, de molde ovalado. É permitida uma cor equivalente à da pelagem nos exemplares azuis e fulvos. As orelhas são pequenas, espessas e afastadas. O peito é extenso e profundo, o dorso é reduzido, reto, resistente e a cauda alta, muito curvada, sobre a anca.
A pelagem do Chow Chow é vasta, densa, e pode ser lisa ou rígida, dura ao toque, com subpelo macio. Sua coloração varia, tendo a possibilidade de várias tonalidades: preto monocromático, avermelhado, azul, pardo ou esbranquiçado, com degradês, contudo sem qualquer mancha; acima do rabo e posterior a sua coxa, a pigmentação é, frequentemente, bastante clara.

Psicológico do Chow Chow

Na grande parte das espécies, o Chow Chow detém uma personalidade muito calma e afetuosa, entretanto, ao mesmo tempo, tem um sublime instinto de caçador, resguarda seu proprietário com fervor, sendo totalmente fiel a ele. Ele, mesmo sendo manso e sossegado, pode vir a ser hostil com gente estranha a sua convivência diária.
O adestramento e a sociabilização prematura são necessidades para a raça que possui tendências a tornar-se teimosa e menos aberta ao treinamento depois de crescida. Se você é inexperiente e não tem voz firme, é ideal não ter esta raça, pois ela é bastante firme e soberana. Quanto mais prematuramente você começar a ensiná-lo, mais você irá ter êxito em ensiná-lo e deixá-lo mais sociável. Quando atinge a madureza, o Chow Chow também pode revelar-se agressivo com outros cães, especialmente os de mesmo sexo.
Por não ter um porte avantajado e não precisar de tanto exercício físico, o Chow Chow é tido como um ótimo cachorro para apartamento, em contrapartida, tem que gastar sua energia como qualquer outro cachorro, e neste caso, passeios frequentes de coleira são aconselhados para que não se tornem destruidores.

Benefícios de ter um cão Chow Chow

Usualmente os Chows são cães de ‘um-só-proprietário’ e deixam bastante claro o predileto. Com alguém desconhecido, agem de forma ainda mais retraída. Os Chow Chow não têm o costume de latir, contudo, no momento em que isto ocorre, pode saber que há alguma coisa que não se encontra adequada.
Quanto mais a temperatura estiver quente, menos é aconselhável que ele execute exercícios físicos, sem falar que seu amplo pelo interfere para esse aquecimento natural. Se forem demasiadamente forçados, a pigmentação da língua vai enfraquecendo-se, o que é um indício claro de que devem descansar.
Mesmo que sua pelagem seja comprida, eles são uma espécie que não possui dificuldades com queda de pelos. Contudo, esta espécie deve ser escovada todos os dias. Os pelos dos Chow Chow tem uma oleosidade natural, por isso os banhos têm que ser comedidos e nunca excessivos.

Problemas habituais do Chow Chow

Uma moléstia que atinge a muitos Chow Chow é a Entropia, que se caracteriza por uma irritação em seus olhos. Essa inflamação é causada por uma anormalidade em sua pálpebra. Em razão disso faz-se primordial a higiene em sua extensão óptica frequentemente. Outras doenças são capazes de afetar o Chow Chow, como a displasia da bacia, luxação no jarrete e a catarata.
Inclusive, em alguns casos, é capaz de acontecer certos problemas na pele e algumas complicações hormonais.
Pelo fato de, antigamente, o cão ter sido puxador de trenó, em certas ocasiões há a possibilidade de ser complicado caminhar com ele pela rua, em razão disso é necessário o socializar, ou caso não seja possível, procure caminhar com ele na rua em horários que estejam poucas pessoas passando pela rua.

Atividades e perfil psicológico da raça Chow Chow

É necessário amestrar o seu cachorro, todavia saiba que irá ser fundamental bastante calma, discernimento e amor, contudo não deixe de lado a sua disciplina.
O tipo de pelo alisado carece de escovadela de semana em semana; já o tipo mais áspero tem que ser escovado a cada dois dias, ou todos os dias no momento da fase de troca da pelagem.
A escova tem que ser delicada e flexível, para que possa retirar os embolados. Caso haja qualquer nó, primeiramente remova-o com a mão, a seguir passe o pente delicadamente. E aplique banhos mensalmente.
O Chow Chow é capaz de ficar em todo aposento da casa, não existe necessidade de descansar do lado de fora. O exercício faz-se útil continuamente.
Toda a alimentação do seu cão deve ser efetuada com muito comedimento, contendo proteínas, hidratos, gorduras, mineirais e vitaminas. Opte por uma ração de boa qualidade. O Chow Chow precisa sempre ter alcance a uma tigela de comida e uma d’água.

Filhotes do pet Chow Chow

Quando bebêzinhos, eles não apresentam a língua azulada, tal como se observa nos adultos, eles possuem uma língua rosada, e esta vai ficando mais escurecida pouco a pouco. Este acontecimento acontece até as oito semanas de vida.
Mesmo que eles possam ser excelentes cães de companhia, não vão poder ser expostos e nem devem ser usados para criação, dado que essa é uma falta que o desqualificaria.
Por suas propriedades de comportamento, as crias precisam ter lições de obediência desde muito jovem. Esses filhotes não são completamente devastadores ou travessos, a adestração tem o dever de ser realizada para controlar o seu ímpeto ofensivo.
Até os 6 meses de vida, os filhotes devem ser alimentados de quatro a cinco vezes por dia. Depois disso, o número tem que minimizar gradualmente, até uma alimentação pela manhã e mais uma ao entardecer.

Curiosidades acerca do Chow Chow

Não se pode garantir categoricamente o passado do Chow Chow. O que se compreende no que diz respeito a isso é: sua proveniência é de origem chinesa e possivelmente são ancestrais do Mastim Tibetano.
– A espécie é de origem chinesa, todavia Chow Chow não é uma nomenclatura chinesa. É um vocábulo derivado do britânico coloquial para se aludir aos enfeites e às importações da Ásia. Seu nome significa “Cachorro Leão Empolado” em português.
– Até mesmo, dá para compreender se um Chow Chow não é tão puro, examinando a coloração da sua língua. Caso seja mais puxado para a coloração rosa, não é uma raça autêntica.
Realize uma tosa regularmente, a fim de manter o pelo bem cuidado e bem bonito.
Ele não é uma raça notável em natação. Muitas pessoas podem pensar que os cães são excelentes nadadores, entretanto o Chow Chow é um caso à parte. Pela espessura da pelagem do Chow Chow, ela se torna mais pesada e ele não pode suportá-la ao passo que vai ensopando.