Raças Archive

cao samoieda

Cão Samoieda

As civilizações nômades usaram o cão samoieda faz mais de cinco mil anos, na Sibéria, embora haja outras explicações sobre a procedência da espécie Samoiedo. De acordo com os registros, esta espécie apenas era capaz de ser vista em meio a essas tribos, ocasionando, desse jeito, o seu nome. Estes cachorros eram empregados em funções no campo, para a caça e também para utilizá-los em trenós.
Os primeiros cachorros da raça Samoiedo apareceram na Inglaterra entre o período de 1870 e 1909, todavia nem todos eram pedigrees. Dizem que a Monarca Alexandra adorou com tamanha intensidade da espécie que fez muito para conseguir promover a espécie na sua pátria. Somos capazes de ver traços destes cachorros em certos exemplares novos.
Os Samoiedos chegaram na América em 1906, um espécime foi dado como presente do Grão-Duque russo Nicolau. A partir da Segunda Grande Guerra a fama desse cão vem crescendo cada dia mais em função do seu temperamento dócil, sua linda fisionomia e suas condutas como um cachorro de tração.

Características Físicas do Samoieda

Seu focinho conta com um tamanho médio e uma tonalidade mais escura, suas orelhas são de um porte mediano, bem distanciadas uma da outra, sua cabeça possui um aspecto de cunha e seus olhos bastante fundos; sua pelagem é bem densa, suas patas são arredondadas e ele conta com um porte muito robusto e desenvolvido.
A cauda é extremamente bonita, possuindo uma pelagem espessa e um molde anovelado por cima do lombo e pendendo para qualquer dos lados. Sua expressão facial vem a ser cômica: no momento em que olhamos para ele, parece que ele se encontra a todo o momento rindo!
A pelagem é bastante densa e volumosa, sendo longa, aveludada e alisada. A pigmentação mais habitual é o branco puro, mas conseguem ser observados nas várias tonalidades de branco palha, amarelado, branco e amarelado, branco e preto e branco e marrom.

cao samoieda
Temperamento do samoieda

Esta espécie é muito extrovertida, fazendo o que pode a fim de deixar as pessoas de fora e seus familiares sempre contentes! Ele tem o hábito de acompanhar o dono para todo o lado, e vai querer também deitar ao lado. As pessoas mais antigas amam esta raça, porque ela tem uma facilidade em agradar as pessoas e deixá-los mais felizes e, especialmente, sendo uma parceria pelo resto da sua vida.
Por causa de ser um cão originado em especial para o labor, ele precisa de vários exercícios físicos para que possa gastar esta energia, se isso não ocorrer, ele pode se tornar um cachorro bastante nervoso. Não é aconselhável conservá-lo preso em correntes ou dentro de casa ou pequenos apartamentos. Toda vez que se acham sozinhos ou insatisfeitos, eles tendem a produzir um comportamento mais destrutivo, latindo muito, comendo os objetos ao seu alcance e cavando por toda parte.
Pela necessidade de deixar o seu dono mais feliz, eles poderão ser educados, entretanto não cogite que será descomplicado: eles são bastante rebeldes.
Esta espécie possui a tendência de ser autoritária e podem não se entender com outros cachorros de estimação!

Vantagens em se ter um Samoiedo

Samoiedos são extremamente mansos, frágeis, amorosos, inteligentes e estão constantemente com “sorriso” no rosto! Encantar o dono e todo mundo a sua volta é um grande hábito que este cachorro apresenta.
Este cão tem a tendência de ser muito tranquilo dentro da residência e vai querer ficar próximo do dono todo dia, um forte sinal de seu excepcional afeto e amor.
Como esta espécie consegue conviver muito bem com visitantes e convidados, você nunca vai ter que ficar esquentando a cabeça em deixar o Samoiedo preso! Samoiedos são bastante afetuosos até com pessoas estranhas, eles serão atenciosos com os convidados dos proprietários.
Os Samoiedos são cachorros bem limpos e não irão dar trabalho em excesso em se tratando de banhos e tosas, ainda que sejam muito peludos e de coloração clara. Por não terem glândulas subcutâneas, esta espécie não possui um cheiro forte, que é típico em outras raças de cães. Você vai ter um gasto muito menor com essa espécie, principalmente se referindo à limpeza!

Pontos fracos do Samoiedo

As atividades físicas têm que ser diárias, devido a sua origem, o Samoiedo não resiste conservar-se muito tempo parado, caso isso ocorra, a impaciência e o irritabilidade podem atingi-lo.
Caso você queira um cachorro para ser um cão de guarda, nem cogite em ter um Samoiedo.
Eles são divertidos, entretanto, algumas vezes, exageram demais, deixando o seu dono bem nervoso, pois eles são bem destrutivos em várias situações.
O Samoiedo é um cão bem dominante, não é sugerido possuir outros animais domésticos junto do Samoiedo, especialmente gatos! Embora, se adestrado precocemente, poderá ter um Samoiedo mais paciente com outros exemplares.
Este cachorro provém de terras nórdicas geladas e, mesmo se adequando ao clima tropical, não é apropriado submetê-los a temperaturas muito altas.
Essa espécie troca seu pelo com frequência, logo é muito habitual observar seus pelos ao longo da casa.
O Samoiedo apresenta diversos problemas relativos a sua saúde, como: cor estranha nos olhos, orelha declinada, ossos desproporcionais, pelo ondulado, atributos relativos ao sexo mal determinadas, displasia coxofemoral, podendo se tornar surdos, perigo de nanismo e a retina pode mostrar uma degeneração contínua.

Como cuidar de um Samoiedo

O Samoiedo é um cão que tem demasiada energia e precisa despendê-la de alguma maneira, se você objetiva adquirir um cão dessa raça, esteja preparado para passeios matinais e várias brincadeiras! Um ótimo treino também vai ser preciso com o intuito de deixar o cachorro mais educado.
Caso você possua outros cachorros no lar é indicado que o dono adestre o Samoiedo precocemente com o propósito de que ele torne-se extrovertido com os demais animais da casa.
Essa raça tem a preferência de conservar-se dentro da casa, então é necessário que o dono eduque muito bem o cachorro com as regras de casa – porém esteja pronto para uma atividade cansativa, pois o Samoiedo é muito teimoso! Outra coisa importante é escovar o pelo do cachorro entre duas a três vezes semanalmente no sentido de evitar que pelos fiquem espalhados por toda casa.
Contudo, eles são bem apegados com o seu proprietário, necessitando de demasiado afeto, cafuné e atenção.

Filhotes de Samoieda

cao samoieda

Estes filhotinhos são bem carentes, constantemente desejando amamentar e repousar bastante, fora que eles são semelhantes a umas “bolinhas peludas”! Embora eles se desenvolvem bem depressa e por volta da quinta e 10° semana de existência já se tornam verdadeiros “exploradores” do recinto onde moram. Essa época é a melhor para que o seu proprietário adestre-o, a fim de que quando desenvolver-se não dê excessivo trabalho. Nesta fase ele se encontra mais animado, uma vez que é a época em que ele se identifica com a raça que pertence e entra em um estágio de sociabilização com os humanos. O treino deve ser mais incisivo logo após os três meses, pois nesta etapa o Samoiedo se torna mais “dono de si”, logo sendo mais complexo educá-lo. Após 1 ano de vida, esse cão fica mais astuto, desta maneira o seu dono necessita de acrescentar mais veemência em seu ensinamento para conseguir resultados mais satisfatórios.
Um filhotinho ideal necessita ser alegre e muito bem-disposto. Relativo às suas características físicas, é fundamental possuírem olhos amendoados e lábios escurecidos e com um “sorriso” típico da raça. No que concerne às orelhas, não se preocupe, elas só se erguerão após os 3 meses de vida. A cauda cai sobre o dorso após os dois meses.

Curiosidades acerca do Samoiedo

Ele é tido como o cachorro nórdico mais disciplinado já visto, ele é muito inquieto e ansioso, uma vez que ele está constantemente cavando qualquer coisa, no momento em que está neste nível emotivo.
No início da criação dos Samoiedos, os primeiros espécimes que foram importados para a Inglaterra não eram inteiramente brancos. A quase totalidade deles era de uma coloração canela e relativamente menor que a raça original. A origem de alguns exemplares originaram-se das tribos sedentárias.
O início das importações oficiais de Samoiedos aconteceram em 1893 e o primeiro clube oficial de criadores da raça se efetivou no ano de 1920 e funciona ainda nos dias de hoje.
Nos períodos de tempestades de neve, os Samoiedos conseguem cobrir o seu focinho com o próprio rabo.
A curvatura de seus lábios dá a impressão de estarem sempre “sorrindo”..

boiadeiro bernes

Boiadeiro Bernês – Cachorros Bernese Mountain

Boiadeiro Bernês – Cachorros Bernese Mountain

Pra chegarmos ao cão Boiadeiro Bernese que conhecemos nos dias atuais, foram realizados muitos entrelaçamentos entre diferentes raças durante os anos. Com o intuito de manter os rebanhos e os gados seguros, os “Bernois Bouvier” foram muito solicitados pelos lavradores suíços. Os Boiadeiros Bernês foram muito bem utilizados para levar carroças carregadas com leite, já que a impecável notoriedade do queijo da Suiça tornava o leite muito negociado em meio aos lavradores.
O Cachorro Boiadeiro De Berna também pertence aos “Sennenhund”, ou seja, aqueles cachorros montanheses, contudo apenas ele tem uma pelagem longa e macia. A fonte da espécie é somente teórica. Muitos creem que a sua formação se deu depois do acasalamento entre as raças Mastiffs e os cães de vigia, no decorrer da Invasão Romana no território Suiço.
Além de ser um formidável cão de tração, ele inclusive resiste às temperaturas mais frias, além de proteger o gado. Apesar da utilização destes cães, poucas tentativas foram efetuadas para eternizar a espécie. No fim do século XIX esta espécie prestes de desaparecer completamente.
Nesse período, o professor Albert Heim começou uma pesquisa sobre os cães suíços que levou a identificação do Cão Boiadeiro Bernês (Bernese Mountain Dog) como um dos espécimes. Esses cachorros foram encontrados apenas nos vales dos baixos Alpes. Logo após os estudos de Albert Heim, principiou, dessa maneira, a difundí-los em toda a Europa. Os espécimes melhores foram encontrados na região de Durrbach, propiciando a raça o título de Durrbachler. Após o crescimento da espécie, trocou-se o nome para “Boiadeiro Bernês”. O primeiro deles entrou na América no ano de 1926; o reconhecimento formal do AKC ocorreu no ano de 1937.

boiadeiro bernes

Características físicas do Boiadeiro Bernês
O Boiadeiro Bernese é um cachorro de três cores, de porte grande e com uma disposição bastante gentil. Ele é inteligente, forte, e possui rapidez natural pra exercer as tarefas de proteção e pastoreio pra as quais fora primariamente criado e usado na Suíça.
Ele é muito vigoroso, bem avantajado e possui ótima proporcionalidade. Seus membros são curtos e ele possui orelhas médias, triangulares e que pendem sobre os lados da cabeça. Seu rabo é bem espesso e recai sobre o torso. Sua coloração é bem fragmentada: ele detém uma pelagem fina, bem lisa, longa e preta, e, também, com um tom avermelhado e determinadas marcas castanhas em volta das bochechas, dos olhos, pernas e dorso. O Cachorro Boiadeiro De Berna possui marcas brancas na cabeça, pescoço, torso, patas e ponta do rabo.

Ele também é bastante companheiro. Se o seu proprietário está na residência, ele vai fazer o possível com o objetivo de se encontrar perto dele, apresentando todo o seu companheirismo. Não há maior felicidade para o Boiadeiro do que estar junto de quem ama. Dadas essas características, o Pet Boiadeiro De Berna não é um cão apropriado para habitar em um canil e sem dúvida será bastante descontente sem a incessante presença humana.

Pelagem do Boiadeiro Bernês

boiadeiro bernes
Sua pelagem é graciosa: Tem a parte inferior bastante cabeluda e uma camada dupla, grossa, com a parte externa alongada. Tipicamente tricolor, a maior parte do corpo do cachorro desta raça é revestida por pelos bastante escuros, com ferrugem e branco brilhante. Detém uma marca esbranquiçada na forma de uma cruz avessa, uma mancha branca em torno de seus olhos e no início da cauda.
Com uma coloração escura bem forte, que prevalece por toda sua composição física, possui determinadas linhas marrons na sua face, acima de seu olho, em suas patas e no dorso. As patas ainda podem ter pelagem branca desde que não passe o início das pernas.
O pelo desta raça é fino e comprido e a fim de que seja constantemente saudável, deve ser escovado com frequência. Anualmente o Cão Boiadeiro Bernese sofre perda de pelo de forma moderada na primavera e outono. Escovar diversas vezes por semana também ajuda a minimizar a abundância de pelo tombado em torno da residência e conserva a pelagem higienizada e desembolada. Pra manter uma excepcional higiene, oferte um banho nele a cada três meses.
Temperamento do Boiadeiro Bernês
O Boiadeiro Bernese é um cachorro afetuoso, sagaz e sentinela. Ele também é gentil, sereno e tolerante. Ele adora estar com sua pessoas da casa e fica contente quando é adicionado nas práticas da família. Seu porte é uma de suas peculiaridades mais influentes e é claro que o adestramento inicial é fundamental pra ensinar ao Cão Boiadeiro Bernês a como se proceder corretamente em casa e com os seres humanos. Vagaroso para amadurecer, ele atinge seu tamanho adulto muito antes de chegar a maturidade intelectual.
O Cão Boiadeiro Bernese guarda sua família, apesar de que ele normalmente não seja ofensivo. Ele é capaz de se proceder de forma distante com pessoas desconhecidas e, geralmente, é um pouco retraído, por isso, a exposição do Cão Boiadeiro Bernese a uma grande pluralidade de pessoas, animais e acontecimentos divergentes ao longo da vida é pertinente.
Para você vir a ter um cachorro bastante manso, habitue-o desde novo a qualquer coisa que possa ser incomum pra ele, a fim de que ele não crie temor, se torne arredio ou bastante aflito. Apresente a ele barulhos, as demais pessoas e acontecimentos além de seu cotidiano para ensiná-lo a como se proceder.
O comportamento do Pet Boiadeiro Bernês é atingido por uma série de motivos, o que inclui ancestralidade, treinamento e socialização. Depois de adaptados, eles irão desejar formar amizades com as demais pessoas, além de serem usualmente brincalhões e possuírem bastante curiosidade.
Vantagens de ter um Boiadeiro Bernês
Além da amizade, ele é capaz de ser um bom vigia, além de alertá-lo no momento em que perceber o mínimo sinal de perigo. Pode ficar sereno: este cão é muito adequado para se ter em casa, ele é ótimo com crianças, jovens e adultos.

As tendências para pastagem e guarda desse cachorro influenciam todas as coisas que ele faz. As crianças gostam de divertir-se com o Cachorro Boiadeiro De Berna, tanto por causa de seu porte quanto por sua condição recreativa.

Ele é um cão inquieto, visto que está a todo o momento procurando algo para fazer, tal como por exemplo, um desafio. O Boiadeiro vai querer sempre agradá-lo, então ele irá fazer de tudo com o intuito de se acertar em diversas funções que você conceder para ele fazer.

Problemas comuns ao Boiadeiro Bernês

Largue -o só e você irá ter um cachorro infeliz, ansioso e insatisfeito. O mesmo acontece no momento em que não é destinada uma tarefa específica para que faça. Um jardim não é enorme o satisfatório para ele. Mais uma coisa: caminhe com ele, ao menos, uma hora por dia, a fim de conservá-lo bem mental e fisicamente.

Independente de sua beleza e ao impecável comportamento – ou possivelmente por causa dessas características – hoje em dia, os Cachorros Boiadeiros De Berna estão lutando pra sobreviver. A Endogamia é um problema presente nos Boiadeiros, por causa da alguns grupos genéticos. Diversos espécimes estão sendo gerados sem nenhum tipo de padrão, o que está ocasionando estes problemas. Isto tem gerado um efeito nocivo a cerca do Boiadeiro Bernês como um todo. As pessoas que querem possuir um cachorro desta raça precisam ter muito cautela ao adquirir um filhote e devem procurar um criador com muita referência no mercado.

Como Cuidar de um Boiadeiro Bernês
O Boiadeiro Bernese não deve viver em apartamento ou condomínio. Pra o seu cachorro usufruir mais satisfatoriamente o espaço, uma casa grande com um amplo ambiente é o ideal. Ele também tem energia em excesso. Todos os dias ele deve gastar muita energia para poder se conservar balanceado e com muita felicidade.
Cuide da saúde bucal do seu Boiadeiro de duas a três vez por semana, para remover germes de sua boca. A escovação diária é ainda melhor se você quiser evitar a enfermidade das gengivas e o mau hálito.
Corte as unhas uma vez por mês se o seu cachorro não as gastar naturalmente. Se você consegue ouvir as unhas clicarem no chão é porque estão bastante compridas. As unhas do cachorro possuem vasos sanguíneos e se você aparar no local incorreto, tem chance de ocasionar sangramento.
Se houver mau cheiro ou vermelhidão na região das orelhas do seu Boiadeiro, nesse caso leve-o a um veterinário imediatamente. Consulte um veterinário a cerca de qual produto utilizar para higienizar as orelhas do seu cachorro, então, em seguida, higienize-as com um pedaço de algodão umedecido. Todavia, lembre-se: só limpe a parte de fora, jamais coloque nada no interior do canal de audição.
Sempre veja a pele do seu cachorro, analisando qualquer forma de anomalia, tal como: inflamação, vermelhaço ou sensibilidade, não pense duas vezes em liga para um médico-veterinário.
Fillhote do Boiadeiro Bernês
O filhote do Pet Boiadeiro Bernese requer supervisão e interação constante com os proprietários para que seja capaz de realmente conviver na habitação familiar. Por conta disso, o dono deve estabelecer desde novo limites claros para o Boiadeiro. Diferente de muitas outras espécies, por causa de um amadurecimento vagaroso, o processo de adestramento do Boiadeiro consome um período maior.
Comece a familiarizar seu Pet Boiadeiro De Berna a ser escovado e examinado desde muito cedo. Manipule os membros do animal com constância e olhe dentro de sua boca. Mude essa hora em uma experiência positiva, repleta de elogios e recompensas, e você estará deixando preparado o Cão Boiadeiro Bernese para exames veterinários simples e os demais tratamentos no momento em que ele for adulto. Como as escovações farão parte de seu dia a dia, o filhote deve ser acostumado ao hábito e higiene e conservação desde cedo.
Anterior aos dois anos de idade, jamais aceite seu Boiadeiro fazer excessivo empenho corporal, como: puxar peso em excesso, pular de lugares excessivamente altos em regiões muito duras, já que as suas articulações ainda não estão satisfatoriamente construídas. Todavia, ele consegue se divertir em uma grama.

boiadeiro bernes
Curiosidades a cerca do Boiadeiro Bernês
Ele é totalmente adequável em climas bem frios. Em contrapartida, com o pelo escuro e tamanho grande, ele é propenso a sentir-se com corpo quente. Jamais autorize que ele treine com bastante força em dias intensamente quentes.
Você necessitará ter um cuidado específico se estiver no processo de criação de um pet da espécie Boiadeiro Bernês. Tal como diversos cães de espécie de grande porte, o Cachorro Boiadeiro Bernese desenvolve-se rapidamente entre o período de quatro e sete meses, estando com tendências a distúrbios ósseos e lesões. A alimentação deve ser bastante caprichada, com ótima qualidade, rica em nutrientes, porém bem dosada, para que ele cresça em uma forma moderada.

o grupo akita inu

O grupo Akita Inu

No Japão o cão Akita é tomado como parte do legado natural nacional, exatamente como as gueixas e o sumô. Ele, portanto, é bastate famoso no Japão, sendo, inclusive, visto como um singular amuleto da prosperidade. A designação da raça Akita Inu tem duas significações: “Inu” é originada do termo “cachorro”, no idioma nipônico; e “Akita” é originado de uma localidade localizada em Honshu.Além das primeiras espécies da raça Akita terem vindo só depois do século XV, na verdade, certos estudiosos certificam que o surgimento da espécie se deu por volta de quatro mil anos atrás. Originalmente, esse cachorro era reverenciado como de grande porte, sendo utilizado pelos guerreiros do Japão como cão de ataque e defesa durante vários anos.Durante a Segunda Grande Guerra, um indivíduo cruzou uma fêmea da espécie Akita com um Pastor Alemão, e as crias foram comercializados para soldados americanos. A partir desse momento, a raça de cão intitulada de Akita inu Americano foi criada, se popularizando de forma muito rápida e tornando-se a ser vendida em diferentes localidades do mundo. As duas espécies, “Akita Americano” e “Akita Inu”, ainda convivem entre si.

o grupo akita inu

Características Físicas do Akita Inu

Os lobos e as espécies “Akitas” possuem muitas semelhanças. Os cães machos da raça Akita medem em média 65 a 70 centímetros em altura da cernelha e as cadelas entre 57 a 63 centímetros. Tal como o porte, a pesagem da raça inclusive varia segundo o gênero da espécie, eles podem pesar de 33 até 50 quilos. Existem duas maneiras de como o pelo do cão Akita se apresenta: a pelagem superior é dura e reta e a pelagem inferior é sedosa e densa.A testa do Akita é bastante larga, o chanfro um tanto quanto delineado e a caixa craniana é bastante grande e amassada. O focinho é de comprimento mediano e afunila levemente. Os olhos da raça são bastante afastados e são constituídos em um ângulo obtuso, seus olhos são castanhos, ligeiramente pequeninos equivalentes aos Spitz. Levemente apontadas para a frente e bem aprumadas, as orelhas são grossas, com uma forma triangular e com as suas pontas bem circulares.Seu pescoço é musculoso, sem papadas, terminando em um peito profundo e amplo. As costelas costumam ser moderadamente arqueadas e o seu dorso é firme e robusto. A parte de trás é muito desenvolvida. Suas patas são fortes e redondas e sua cauda de inserção alta é grande, forte, espessa e enrolada sobre o dorso.

Pelagem do Akita Inu

As temperaturas podem estar geladas, contudo a pelagem do cão Akita Inu consegue manter a sua temperatura aquecida, uma vez que os seus pelos são bem impermeáveis. Sobretudo, a espécie Akita Inu tem uma pelagem bem dura e o pelo inferior oleoso, fazendo com que eles sejam excelentes caçadores embaixo da água. A pelagem de cobertura é lisa, dura e retilínea, ao mesmo tempo que o subpelo é mais macio, condensado e oleoso. A cernelha e a garupa são revestidas com um pelo um tanto mais comprido e na cauda o pelo é mais alongado do que o restante do corpo.
O cão Akita se apresenta nas colorações vermelho-fulvo, sésamo (vermelho com pontas pretas), tigrado e branco.
Todas as cores devem ter ainda o Urajiro, que é a pelagem esbranquiçada nas laterais do focinho, bochechas, embaixo do queixo, pescoço e ventre, no lado inferior da cauda e parte interna dos membros.
A sua pelagem é mudada duas vezes por ano. Essa mudança de pelo é bastante abundante e consegue levar mais de um mês. Os cães Akitas se lambem muito, como bichanos e por conta disso se conservam limpos por muito tempo. Dessa forma, o melhor é que se banhem com a menor constância possível, no sentido de evitar a redução da oleosidade natural da pele. Contudo, geralmente deve ser concretizada a escovação em sua pelagem.

Temperamento do Akita Inu

A característica do cão Akita pode ser definida como dócil e receptiva, calma, e este se caracteriza por sua lealdade. É considerado um cão territorial, audacioso, destemido, costuma guardar tanto a família quanto a propriedade.
Salvo do comportamento manso e tranquilo, o cão Akita Inu é indicado para donos com mais pulso firme, pois esta raça necessita obter confiança de seu proprietário, para que este possa corrigir esse cachorro com muita serenidade e disciplina, mas, sobretudo, são obedientes e inteligentes.O cachorro Akita não tem o hábito de ser intolerante com pessoas que ele não conhece, no entanto tende a se revelar indiferente às gente estranha à sua rotina. Determinados cães da raça Akita Inu podem não se socializar com outros cães, principalmente os de mesmo sexo, devido a sua personalidade forte e geralmente dominadora. A fim de que o cachorro Akita Inu tenha uma melhor convivência com os demais cachorros, o aconselhado é que sua convivência comece o quanto antes. Nesses casos, é aconselhado que o proprietário possa investir no aprendizado do filhote desde cedo, no sentido de evitar que o cachorro se torne excessivamente dominante e agressivo com os os demais cães e demais animais de estimação.

o grupo akita inu

Vantagens de ter um Akita Inu

Caso conviva, em especial, desde pequeno, o cão Akita pode ser uma impecável companhia para as crianças. Ainda que possam estranhar no começo de uma convivência, os cães Akita Inu conseguem relacionar-se pacificamente com as demais pessoas e inclusive com crianças muito agitadas. Apesar de serem bastante vocativos, os exemplares da raça Akita não são muito de ladrar.Eles são demasiadamente inteligentes e frágeis, tornando-se sempre excelentes cachorros de guarda e proteção, tanto em relação a pessoas de quem aprecie ou das propriedades que deva proteger. Ocupando a posição de nº 54 na lista que ranqueia os cachorros mais inteligentes do planeta, o Akita inu pode ser facilmente treinado sendo que, exatamente como a grande maioria das espécies de cães, pode aprender com mais agilidade e intensidade no momento em que os ensinamentos são fundados ainda na fase de filhote.

Problemas do Akita Inu

O cão Akita Inu vive em média até os 12 anos. Além do mais, eles são predispostos a displasia em seus quadris ou em seus cotovelos, isso tudo ocasionado por conta do seu porte. Determinados problemas oftalmológicos também costumam ser um tanto habituais nos cães da raça, como a atrofia da retina (que pode chegar a acarretar cegueira) e o entrópio, problema que faz com que as pálpebras do animal se virem para o interior e machuquem sua córnea.A epilepsia também é uma complicação que pode aparecer ao longo da vida do cachorro dessa raça específica e, em função dos vários problemas que são capazes de se apresentar na saúde do Akita Inu, é relevante que os proprietários de um exemplar da espécie como animal doméstico os levem para consultas periódicas com veterinários a fim de garantir o bem-estar do animal e precaver ou diagnosticar precocemente uma série de enfermidades.A fim de que os Akitas possam conviver de maneira harmoniosa com outros espécimes, é necessário que eles tenham tido ligação com outros cães desde filhotes.

Como cuidar do Akita Inu

Os cachorros Akita podem ajustar-se à vida em prédio, mas precisam de atividades diárias para preservarem-se estáveis e saudáveis. Quem vive em apartamento deve caminhar com seu cachorro Akita Inu todos os dias. Já quem vive em residência ou tem grandes espaços e quintais rodeados deve deixar os cães soltos para que consigam se exercitar livremente.Para que você seja capaz manter os pelos do seu cachorro Akita Inu bem saudáveis, é preciso que você escove-os todo o dia ou, pelo menos, uma vez a cada semana, evitando que se acumulem nós ou sujeiras, que podem proporcionar no porvir uma dermatite.A fim de que os seus cães se desenvolvam satisfatoriamente, é fundamental também prestar muita atenção em sua alimentação, pois os Akita Inu possuem um bom apetite, então mantenha uma alimentação bem equilibrada diariamente.A saúde geral do animal está intimamente associada à sua higiene. O lugar que seu Akita vai habitar deverá ser bastante limpo para que não haja riscos de contaminação em função das fezes e os demais motivos. No caso do cachorro Akita, em especial, é bastante importante nunca deixar o local onde ele vive úmido depois da limpeza, a fim de evitar que ele deite e fique úmido, já que isso pode ocasionar o crescimento de fungos em sua pele ou mesmo alergias.

 Filhotes do Akita Inu

Um bicho de pelúcia pode ser muito menos fofinho do que um filhotinho de cão Akita. Você deve mostrar a seu Akita que você é quem manda. Pela personalidade dominadora e forte do Akita, este deve ser ensinado o quanto antes a fim de que ele saiba quais são os limites.Em geral, os cão Akita Inu são uma das espécies mais fáceis de se limpar. Apesar de ser uma raça bastante auto-suficiente, preferem estar junto dos proprietários do que sozinhos no fundo do quintal. Os cães Akita Inu são propensos em se entediar e destruir os seus pertences por toda a casa, então uma perfeita maneira de evitar qualquer constrangimento é passear com eles constantemente.A característica de um cachorro Akita é genética, ou seja, ao optar por um filhote de Akita Inu veja seus pais, assim você saberá como o seu cãozinho irá se comportar. A fim de evitar problemas vindouros, pesquise um petshop ou um canil apropriado e confiável. pesquise a reputação do vendedor e perceba se vale a pena comprar qualquer cão no local onde você irá comprá-lo. Preste, sempre, muita atenção na maneira como o filhote de cachorro Akita se comporta. O comportamento do cachorro Akita Inu difere de espécie para espécie. Alguns serão mais espertos, outros serão mais obedientes, estes necessitarão de bastante pulso firme pra serem ensinados.

 

Curiosidades sobre o Akita Inu

Esse cachorrinho foi utilizado, durante muito tempo, como caçador de ursos e cervos. Ele se desenvolveu nas regiões noro-orientais.O filme “Sempre ao Seu Lado” – que evidencia o ator Richard Gere como protagonista – conta a famosa história japonesa do cachorro Hachiko, um Akita que por afeto ao proprietário passou anos aguardando ele regressar do trabalho na estação de trem. Logo que o dono moreu, sem saber o que havia acontecido, o cachorro Hachiko voltou à estação de trem diariamente por mais de dez anos, na expectativa que ele retornasse, até falecer.

caes bonitos

As 12 raças de cães mais bonitas

Você sabe quais são as 12 raças de cães mais bonitas do Brasil? Quando pensamos em adquirir uma raça de cães, queremos que ela atenda às nossas necessidades, ou seja, em termos de tamanho e nível de atividade, mas que também seja bonita e elegante. Existem muitos tipos de cães e sua beleza também dependerá dos olhos de que os vir.

Fizemos uma pequena seleção dos 12 cães mais bonitos do mundo, para que você possa escolher o que mais lhe agrada, levando-o para se um novo membro da família.

  1. O LABRADOR

Esta raça de cachorro é uma das mais conhecidas entre os cães. Pode ter pelo de médio a longo e geralmente é muito silencioso, ideal para uma casa com crianças. Embora o mais conhecido seja de cor creme, eles também existem em canela e preto.

  1. O COLLIE

Este é um dos cães mais elegantes por excelência. De tamanho médio e com nariz e pernas muito finas, este cão tem um pelo muito bonito, principalmente na cor canela, com toques de preto e branco na área do peito e das pernas. Seu andar é tão lindo  que esta raça tem sido protagonista de numerosas séries e filmes de televisão, como o conhecido Lassie. 

  1. JACK RUSSELL TERRIER

Este pequeno cão é um dos mais amigáveis ​​e alegres que existem. São animais muito inteligentes e carinhosos, fiéis ao mestre e ideais para brincar com as crianças. Seu rosto gracioso e sua capacidade de aprender ensinamentos humanos tornam o Jack Russell Terrier ideal para grandes filmes como ‘The Mask’ ou ‘ The Artist ‘.

  1. THE GREYHOUND

Outro dos cães mais elegantes que existem. Sua figura estilizada e nariz longo tornam este animal um dos mais escolhidos. Embora muitos ainda o usem como um animal de corrida, os Greyhounds são melhores companheiros em casa, pois têm um caráter dócil e afetuoso. Quanto ao pelo, encontramos de todas as cores, mas talvez aqueles mais espetaculares sejam os cinzas metalizados ou aqueles que combinam mais de duas cores.

  1. O BRETÃO ESPANHOL

Esta raça de cachorro é característica de suas habilidades como caçadora. Muitos deles não têm à cauda, ​​o que os torna mais vulneráveis ​​no momento da caça. Este animal elegante pode ter pelo de comprimento curto ou médio e sempre branco com manchas marrom ou marrom escuro. É um excelente protetor, ao mesmo tempo em que é ideal para famílias com crianças, por causa de seu grande desejo de pertencer a uma casa. 

  1. THE POODLE

Existem três medidas diferentes desta raça de cachorro, mas todas são igualmente elegantes. Estamos muito acostumados a ver em séries e filmes de pessoas ricas, acompanhadas por este cão engraçado de pelos encaracolados, seja em sua medida menor, a mediana ou a maior. Além disso, os proprietários costumam cortar o pelo de maneiras muito originais, o que melhora a sua elegância e autenticidade.

  1. O YORKSHIRE TERRIER

Esse cachorrinho é muito engraçado e inquieto.  Às vezes, ele pode se tornar um dos seres mais mimados na casa, devido ao seu pequeno tamanho e lindo aspecto. Nas cores, geralmente cinza e castanho claro, este cão é ideal para pequenos apartamentos e idosos com mobilidade reduzida.

  1. O TERRIER BRANCO

Este encantador cão branco pequeno é muito engraçado e sempre quer brincar. Suas orelhas pontudas e nariz minúsculo tornam-no um dos cachorros mais elegantes das raças pequenas, mas não devemos ser enganados por sua beleza, pois eles têm um caráter forte.

  1. O PASTOR ALEMÃO

Este cão é o companheiro ideal para aqueles que vivem em sítios ou casas muito grandes, com jardim. Ele é um animal que aprende e aceita as regras com facilidade e se torna o melhor defensor da unidade familiar. Sua forma estilizada e suas cores pretas e castanhas escuras tornam-no um dos cães mais bonitos e elegantes de todos os tempos. 

  1. O DALMATAN

Esta raça é bem conhecida pelo famoso filme de animação, onde a vilã quer fazer um casaco com p pelo dos cãezinhos. Branco com manchas pretas é muito bonito e elegante, além da figura estilizada e alta do animal. No entanto, esses cachorros são muitas vezes muito ativos e têm um gênio difícil se eles não forem bem ensinados.

  1. O HUSKY

O Husky é o cão da neve, o mais bonito entre aqueles daquele ambiente. Com pele branca e cinzenta, com toques pretos, a característica mais distintiva são os olhos que podem ser azuis ou verdes ou um de cada cor. Nas cidades é aconselhável se exercitar muito e viver em casas grandes, ou sentirão presos e infelizes.

  1. O BEAGLE

O Beagle é uma das raças mais elegantes dos últimos tempos. O tamanho médio e o tricolor têm orelhas longas que caem nos lados e, por vezes, um olhar um pouco triste. No entanto, devemos ter cuidado para não ganhar mais peso do que o ideal, pois eles tendem a cair na obesidade e será realmente difícil de ajudá-los a perder peso.