caes-envenenados

Como tratar de cães envenenados

Como tratar de cães envenenados? O envenenamento em cães é, infelizmente, algo que costuma ocorrer porque cães são curiosos por natureza, e seu espírito predatório poderá levá-los a problemas. Aprenda como curar cães envenenados e qual o melhor tratamento.

Apresentaremos neste texto, alguns remédios caseiros para cães envenenados. Contudo, devemos estar atentos que, nesses casos, é melhor ir urgentemente ao veterinário. Mas há casos específicos em que se pode fazer algo pelo nosso animal de estimação.

Remédios caseiros para curar cães envenenados

Sintomas de um cão envenenado

Quando um cão foi envenenado, os seguintes sintomas geralmente aparecem:

  • Vômito
  • Dores
  • Tremores
  • Convulsões
  • Paralisia
  • Delírio
  • Problemas respiratórios
  • Sangramento na boca
  • Inconsciência

Remédios imediatos

Com “remédios imediatos”, nos referimos à primeira coisa que devemos fazer assim que percebemos que o cão foi envenenado.

 Água oxigenada

Um bom antídoto para cães envenenados é dar-lhes peróxido de hidrogênio. A primeira coisa que faremos é dar ao animal 3 colheres de sopa de peróxido de hidrogênio para causar vômitos no animal.

Então, vamos levá-lo ao veterinário, rapidamente.

Caso não tenhamos em casa, pode-se dar a ele casca de ovo ou um pouco de carvão moído. Esses produtos atraem a droga para evitar que ele atinja o sangue do cachorro.

Também é importante, antes de levar o cachorro ao veterinário, saber qual substância específica foi ingerida. Se tivermos o recipiente do produto ingerido, ele poderá analisar.

Leite e azeite

Vamos dar ao cão leite misturado com azeite, pois, por um lado, o leite absorve os produtos químicos nos intestinos do cão e o óleo, por outro lado, protege as paredes intestinais.

Para preparar a mistura, misturamos 3 partes de leite com uma de azeite. Se não possuímos azeite, podemos usar o óleo de girassol.

Deve ser bem misturado porque o animal gosta do sabor do leite.

Chá e pão

Neste caso, o que fazemos é ferver um copo e ½ de água e adicionar 4 saches de chá preto.

Também tostamos o pão diretamente no fogo da cozinha até ficar preto.

Em seguida, jogamos o pão queimado no chá e formamos uma pasta com as mãos. Para a mistura, adicionamos um pouco de leite de magnésia e damos ao cão a cada 15 minutos uma dose de 5 cc com uma seringa dosadora.

Este remédio é recomendado para casos em que o cão não pode ser levado ao veterinário imediatamente.

Remédios para cães envenenados são úteis no caso de intoxicações não-severas, mas, como dizemos, devemos sempre ir ao veterinário em casos leves.

Banho

Se o cão foi intoxicado por estar submerso em produtos químicos, a primeira coisa que fazemos é lavá-lo bem com muita água para evitar que os produtos químicos entrem em seu corpo através da pele.

Prevenção

É importante seguir certos conselhos, especialmente remover do alcance do cão certos produtos comuns que geralmente temos em casa, tais como:

Amaciantes e detergentes: os amaciantes são muito mais tóxicos, mas com ambos devemos ter muito cuidado.

Água sanitária: são muito tóxicas porque contêm abundante cloro.

Os venenos e os pesticidas são letais para o cachorro, devemos ter muito cuidado com eles.

Se existe um jardim na casa, devemos saber que certas plantas são tóxicas para os animais.

Algumas são:

  • Espinafre
  • Abacate
  • Açafrão de outono
  • Azálea
  • Tomate
  • Dulcamara
  • Oleandro
  • Taxus Baccata
  • Actaea
  • Ricino

Também devemos evitar que o cão toque pombos mortos ou roedores que mataram.

Os medicamentos

Algumas pessoas dão medicamentos humanos para cães, como ibuprofeno, aspirina, antidepressivos, anti-histamínicos ou analgésicos e isso é um grande erro.

Por exemplo, o Paracetamol é venenoso para os cães e podemos até acabar com a vida ao dar-lhe 2.

Deve ser tomado um cuidado especial com o chocolate, especialmente o ao leite. O chocolate contém substâncias tóxicas para cães como a teobromina, um alcalóide que, entre outras coisas, causa bronco-dilatação e problemas cardiovasculares.

Deixe uma resposta