Saiba como proceder com cachorro territorialista

Cães que tentam preservar as pessoas ou outros cães afastados de sua propriedade costumam fazer esse tipo de coisa porque estão preocupados com o que esses humanos e espécimes são capazes de fazer contra eles ou sua família. Os cachorros territorialistas, em algumas ocasiões, suspeitam de desconhecidos e são capazes de continuar ocultos, ou permanecerem perto de um portão para morderem no momento em que um intruso desconhecido ou outro animal transitarem próximo dali.

Por qual motivo os cachorros ficam de guarda?

Resultado de imagem para cão territorialistaUm cão que não possui temor de pessoas ou de outros cachorros não tem necessidade de manter estas pessoas e animais longe da moradia, jardim ou território que considera dele. Na grande maioria das ocasiões, cães inseguros e medrosos fazem isto. Existe, ainda, um componente hereditário com cachorros de determinadas raças que são mais propensos a serem territorialistas do que outras espécies, ou revelam o temperamento mais agressivo.
As raças que inclinam-se a ser territorialistas são as que foram desenvolvidas como cachorros de vigilância (diferentes raças foram selecionadas para defender coisas diferentes, como pessoas, patrimônio ou agrupamentos). Certas outras espécies foram escolhidas pela atitude e seu estado emocional e são mais predispostas a usar a agressividade na ocasião em que têm receio, como certos Terriers, e, possivelmente, serão mais temíveis do que outros cães, como de raças do campo.
Já os cães que são encorajados a proteger a residência ou reconhecer invasores vão ser bem mais predispostos a demonstrar agressividade. Como por exemplo, os cachorros que são incentivados por seus donos a perseguir gatos no quintal possuem mais chances de se tornarem um perigo e são capazes de ser muito agressivos caso capturem o gato.

O que pode ser feito com um cão territorialista?

cachorro-territorialista Tal como a gente, os cachorros possuem um forte senso de território e eles são muito mais propensos a ser violentos quando alguém ou alguma coisa tentar atravessar o que o cachorro considera sua divisa territorial.
Se o seu cachorro é territorialmente ofensivo com os outros, é bem melhor tratar o espécime como se ele houvesse um problema relacionado com o temor, mesmo se você não percebe esse sentimento no seu parceiro de 4 patas.
Do ponto de vista de um cachorro territorial, os carteiros, entregadores de encomendas, entre outras pessoas que passam pelo portão da casa dele estão ameaçando seu território e seus familiares. Por isso, o bicho fará de tudo com a finalidade de preservar estas pessoas, bem como outros animais, isolados, ainda que para tal fim precise usar da agressão.
Em certos países, os donos de cachorros têm a obrigação legal de oferecer um acesso protegido para os seus imóveis para os carteiros. Mesmo que por aqui não tenha lei que trate do tema, também é importante que todos os proprietários de cães territorialistas tomem cuidado com a finalidade de evitar todo tipo de incidente com indivíduos que realizam entregas em suas casas, a fim de evitar infortúnios. Para tal fim, é crucial assegurar-se de que as portas não encontram-se destrancadas e que o cachorro encontre-se preso.
Se o seu cachorro é territorialista e agressivo, procure orientação profissional para solucionar o inconveniente.